Versão híbrida plug-in da Transit é apresentada na Europa

Data: 12 de setembro de 2017

1-2-12092017Uma nova versão da van, baseada na Transit Custom, foi apresentada pela Ford em Londres (Inglaterra). Trata-se de uma versão híbrida plug-in da van Transit, com bateria que pode ser recarregada tanto pelo motor à gasolina do veículo como ligada à rede elétrica.

O lançamento comercial da novidade está programado para 2019. No lote inicial do protótipo, a empresa traz 20 unidades que participarão de um teste de rodagem de 12 meses, com início no final do ano em frotas comerciais, como parte de um programa do governo britânico para melhorar a qualidade do ar na cidade.

O sistema híbrido da nova van é capaz de rodar 50 km no modo elétrico, com emissão zero, e motor EcoBoost 1.0 a gasolina que recarrega as baterias em viagens mais longas e amplia a autonomia para 500 km.

“Há mais de 50 anos, as empresas confiam na Ford Transit para realizar o seu trabalho e estamos determinados a manter essa tradição na nova era elétrica”, diz Mark Harvey, diretor do programa de vans elétricas urbanas da Ford Europa. “Ver a Transit híbrida nas ruas é um marco importante e, junto com nossos parceiros e clientes de Londres, vamos entender como ela pode reduzir as emissões e os custos de operação na cidade.”

Em Londres, os veículos comerciais fazem 280 mil viagens por dia, somando um total de 13 milhões de quilômetros. As vans representam 75% do tráfego nos horários de pico, com mais de 7.000 veículos por hora rodando apenas na zona central.

Vans mais limpas, como as usadas nesse teste, serão vitais para ajudar a reduzir as emissões e enfrentar a crise da qualidade do ar na capital. Os dados do programa também servirão para incentivar as empresas a usar veículos mais ecológicos”, diz Lilli Matson, diretora de Estratégia de Transporte de Londres.

1-12092017Entre os recursos disponíveis, as 20 Transit híbridas usarão um sistema de telemetria para coleta de dados em tempo real. E terão também uma tecnologia de cerca eletrônica que muda automaticamente as configurações do veículo de acordo com a sua localização. A tecnologia permite, por exemplo, usar somente o modo elétrico quando a van entra na zona de baixas emissões no centro da cidade.

A Ford é a primeira fabricante de volume a oferecer essa tecnologia híbrida no segmento de vans. A Transit Custom híbrida plug-in tem um sistema de tração em que as rodas são movidas exclusivamente pelo motor elétrico. Sua bateria de íons de lítio, com sistema de refrigeração por líquido, tem um design compacto e fica localizada sob o assoalho, sem tirar espaço na cabine.

A Ford, que é uma das líderes n segmento de veículos comerciais na Europa, planeja lançar 13 novos veículos elétricos globalmente nos próximos cinco anos, com um investimento de US$ 4,5 bilhões. A marca também anunciou recentemente uma estratégia de eletrificação da China, onde planeja ter 70% de todos os veículos com uma opção elétrica até 2025.

Em agosto, a Ford assinou um memorando de entendimento com a Nhui Zotye Automobile, fabricante de veículos elétricos da China, para atuar no maior mercado de automóveis do mundo. Além disso, a Ford realiza um projeto conjunto com o Deutsche Post DHL Group para produzir 2.500 vans elétricas de médio porte até o final de 2018, a maior operação desse segmento na Europa.

Por: Redação Na Boléia

Data: 12 de setembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.