Logistique 2018, que acontece em outubro, ganha mais expositores

Data: 31 de julho de 2018
Crédito: APSFS/Divulgação

Crédito: APSFS/Divulgação

O Porto de São Francisco do Sul estará presente na Logistique – Feira de Logística e Negócios Multimodal, mostrando ao mercado a grande gama de serviços oferecidos e as vantagens de operar naquele porto. Entre elas a otimização das operações, localização privilegiada na Baía da Babitonga e a poucos quilômetros da BR 101, e sua infraestrutura aquaviária e terrestre: canal de acesso com 14 metros de profundidade, interligação pelos modais ferroviário e rodoviário e excelente complexo de pátios e armazéns, o que garante pouco tempo de espera aos seus usuários.

O evento acontece de 23 a 25 de outubro, na Expoville, em Joinville, e reunirá as cadeias de logística, transporte multimodal, comércio exterior e intralogística. A Logistique é considerada a segunda mais importante feira de logística do Brasil.

“A importância de participarmos de um evento da grandeza da Logistique está no network e na visibilidade de nosso porto perante aos usuários, especialmente os armadores – representantes dos donos de cargas operadas no comércio exterior brasileiro – e operadores portuários que visitam a feira”, ressalta o Presidente do Porto de São Francisco do Sul, Luiz Henrique Furtado. “Nosso objetivo é fazer contatos com possíveis clientes e com os atuais, mostrando nosso interesse por novas tecnologias e facilidades para adaptar nosso Porto ao competitivo mercado do comercio exterior. Motivo que torna crucial investirmos e estarmos presentes nestes eventos. Os bons resultados, com certeza, são evidentes”, acrescenta.

Melhorias

O Porto de São Francisco do Sul segue uma trajetória crescente. Encerrou o exercício de 2017 com a operação de 12,19 milhões de toneladas em mercadorias importadas e exportadas e avanço de 17% com relação a 2016. Esse volume embarcado e desembarcado consolidou o Porto como o maior movimentador de cargas em Santa Catarina, terceiro maior do Sul do Brasil em granel sólido e o sexto porto brasileiro em movimentação de carga geral.
A expectativa para este ano é superar a performance do ano passado, com a movimentação de aproximadamente 13,4 milhões de toneladas e crescimento de 10%. Até junho o porto operou aproximadamente de 6 milhões de toneladas, volume que tende a ser bem superior no segundo semestre, devido ao avanço natural nas operações com commodities.

Entre as melhorias estão a construção do gate-in com novas balanças rodoviárias, substituição e ampliação de todo o sistema de iluminação e aterro do Pátio do Berço 201, o que representa a ampliação de 10 mil metros quadrados de área primária, em fase de licitação.

A SC-Par também está implantando um novo sistema de gestão no Porto de São Francisco do Sul, com o mapeamento de processo, indicadores e metas, com o objetivo principal de padronizar os serviços e agregar agilidade às operações. “Para os próximos cinco anos ainda estão previstos investimentos de mais R$ 140 milhões em obras”, acrescenta o gestor.

Por: Redação Na Boléia

Data: 31 de julho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.