Inverno: aumento de queimadas pode provocar acidentes

Data: 30 de julho de 2018
Postado em: Sem categoria
Clique na imagem para ampliar

Clique na imagem para ampliar

O tempo seco no outono e inverno traz perigos para as estradas. Levantamento da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel aponta um aumento do número de queimadas próximas ao Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do RodoAnel no primeiro semestre de 2018, na comparação com o mesmo período de 2017 devido à estiagem prolongada. Entre junho e outubro, as concessionárias reforçam as ações de conscientização para os usuários como parte da Operação Corta Fogo 2018, direcionada pela ARTESP (Agência de Transportes de São Paulo) nas rodovias paulistas em todo o Estado.

A CCR ViaOeste registra aumento de 190% do total de queimadas (de 78 para 148) nas proximidades do Sistema Castello-Raposo, entre janeiro e junho de 2018, na comparação com o mesmo período de 2017. Na mesma base, a CCR RodoAnel aponta aumento de cerca de 340% (de 34 para 116), no Trecho Oeste do RodoAnel. Diogo Stiebler, gestor de Tráfego da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, destaca que “as bitucas de cigarros arremessadas pelas janelas dos veículos são uma das principais causas de queimadas, pois elas podem incendiar a vegetação seca”.

Além de veicular mensagens educativas nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs), as concessionárias distribuem 20 mil folhetos nas praças de pedágio com dicas práticas para o motorista que se deparar com fumaça na pista.

Em caso de fumaça na pista:

– Reduza a velocidade;
– Feche os vidros do veículo;
– Mantenha distância segura do veículo à frente.

Por: Redação Na Boléia

Data: 30 de julho de 2018
Postado em: Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.