Foton: primeiros veículos da marca “made in Brazil” são comercializados

Data: 25 de agosto de 2017
Minitruck

Minitruck

Disposta a fincar definitivamente seus pés no País, a Foton Caminhões já iniciou a comercialização no mercado brasileiro de duas novas famílias de caminhões desenvolvidas especificamente para atender às necessidades de logística urbana e interurbana. São dois modelos de veículos: Minitruck, de 3,5 toneladas, e do caminhão leve, Citytruck, de 10 toneladas, ambos produzidos no Brasil.
Desenvolvidos pela engenharia brasileira da Foton Caminhões em cooperação com a engenharia da Foton chinesa, os novos caminhões já estão em produção no Brasil com elevado índice de componentes nacionais. A empresa alugou uma linha completa da fabricante Agrale, de Caxias do Sul, RS, para agilizar a nacionalização de seus produtos.

“Este é um importante marco na história da Foton no Brasil uma vez que, a partir de agora, já temos produtos nacionais e que podem ser beneficiados pelo programa Finame”, comemora Luiz Carlos Mendonça de Barros, CEO da Foton Caminhões, empreendedor que trouxe a marca para o Brasil em 2010.

Com as famílias Minitruck e Citytruck, a Foton Caminhões ambém cria um novo sub-segmento, o do mini caminhões – Minitrucks – veículos robustos e com configurações adequadas para atender com mais eficiência ao transporte urbano de cargas mais volumosas e com mais peso.

Citytruck

Citytruck

Com o Foton Citytruck 10-16, a empresa criou o caminhão leve com a maior capacidade de carga útil e a maior capacidade de carga no eixo dianteiro do País: 3.600 kg. “Estas características devem facilitar as implementações de caminhões de bebidas. Além disso, sua capacidade técnica, com 10.700 Kg, torna-o o caminhão leve com maior capacidade deste segmento”, destaca Eustáquio Sirolli, gerente de engenharia de produto da Foton Caminhões.

Os novos modelos nacionais das duas famílias Foton são veículos configurados com itens de série como ar-condicionado, vidros elétricos, travas elétricas das portas, rádio com MP3/USB defletor de teto e embreagem servo-assistida. “Tanto os modelos Minitruck 3.5-12 DT e 3.5-14 ST/DT como o Citytruck 10-16 chegam para estabelecer um novo patamar dos veículos Premium para a distribuição urbana de carga, VUC e transportes de curta e média distância”, diz Sirolli.

De acordo com o executivo, os transportadores de carga e autônomos poderão agora contar com veículos que oferecem de fato algo a mais: caminhões para obter maior produtividade nas operações, que entregam conforto, economia de combustível, potência e robustez.



Pular anuncio

Por: Redação Na Boléia

Data: 22 de novembro de 2017
Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.