Ford apresenta tecnologias semiautônomas e de conectividade na Fenatran

Data: 24 de outubro de 2017

1-2-24102017Cada vez mais, a tecnologia se faz presente no transporte rodoviário no Brasil. Nesse ambiente, o conceito de caminhões autônomos ganha força e está mais próximo do motorista brasileiro. Apostando nessa tendência, a Ford apresentou na Fenatran o protótipo Cargo Connect, um modelo com avançados recursos que irá preparar a chegada dos veículos totalmente autônomos.
O caminhão foi desenvolvido pela marca no Brasil em parceria com empresas do setor, tendo como base um protótipo do Cargo 8×2 com transmissão automatizada.

Os recursos de segurança são destaques no novo veículo. O modelo conta com sistema autônomo de frenagem, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa, piloto automático adaptativo, alerta de fadiga e monitoramento de 360 graus do caminhão com câmeras diretamente conectadas a uma central de operações.

Ainda apresenta soluções voltadas à produtividade, como gerenciamento inteligente de carga, sistema de leitura de placas de trânsito, ajuste automático de torque e potência, sistema de diagnóstico preventivo e um aplicativo que mede o desempenho do motorista.

Conectividade também não poderia faltar ao veículo, que traz uma central multimídia no painel com tela de sete polegadas.

“O Cargo Connect traz uma visão de caminhão conectado, com tecnologias inteligentes de direção semiautônoma que podem ser lançadas no mercado entre três meses e três anos”, diz João Pimentel, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul.

Inicialmente, o foco da empresa na tecnologia semiautônoma será o segmento de caminhões leves e médios para atender caminhoneiros autônomos e pequenos frotistas, público que é carente de inovações para facilitar o seu dia a dia.

1-3-24102017Boné Alerta

Outra grande atração no estande da Ford foi o lançamento do Boné Alerta, um recurso de segurança que avisa o motorista que é hora de descansar.

À primeira vista parece um boné comum, mas foi desenvolvido com sensores que conseguem interpretar os movimentos de cabeça do motorista, avisa-o quando ele está com sono para fazer uma parada de descanso. O alerta é feito por três tipos de sinais: vibratório, visual e sonoro.

A criação do acessório foi precedida de um estudo para identificar os movimentos do caminhoneiro que fazem parte da sua rotina normal de trabalho e os que indicam sono.

“A Ford é a primeira montadora a pensar em um ‘wearable’ (tecnologia de vestir) para utilização enquanto o motorista está ao volante e que pode contribuir na prevenção de acidentes. Dessa forma, reforçamos nosso compromisso de trazer tecnologia embarcada não só nos veículos, mas também em acessórios capazes de facilitar a vida do motorista, e o foco na segurança como prioridade nos nossos investimentos em tecnologia”, disse LyleWatters, presidente da Ford América do Sul.

O Boné Alerta da Ford foi testado durante oito meses por um grupo selecionado de motoristas, por mais de 5.000 km em condições reais de rodagem. Ele também foi apresentado a especialistas da área de segurança de tráfego e estudos do sono, que reconheceram o seu potencial para auxiliar na prevenção de acidentes nas estradas.

O protótipo se encontra em fase de testes, com vistas ao processo seguinte de patenteamento e certificação. Ou seja, ainda não há data para a sua produção e comercialização no País.
A marca reservou uma área no seu estande onde os visitantes podem testar o acessório e também divulgou um vídeo sobre o funcionamento da tecnologia, com depoimentos reais que mostram a sua utilidade na estrada



Por: Redação Na Boléia

Data: 24 de outubro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.