Saiba como evitar problemas em sua unidade móvel

Data: 28 de março de 2019

1-1-28032019-minCom o avanço da comercialização de unidades móveis no país, especialmente no segmento de food trucks, muitos empreendedores de diversas partes do Brasil registraram problemas em seus negócios sobre rodas.

Muitas vezes, isso pode ser falta de uma manutenção periódica nos veículos, segundo avalia a 4TRUCK, fabricante de unidades. O fato é que para garantir um bom funcionamento é necessária atenção com manutenções periódicas dos veículos para evitar contratempos mecânicos ou elétricos e até acidentes mais graves – como incêndios já registrados.

“As revisões devem ser feitas de acordo com o segmento de atuação da unidade móvel. Além disso, é preciso levar em consideração como o responsável pela operação cuida dos itens diariamente. Mesmo diante disso tudo, recomendamos manutenções preventivas e/ou corretivas a cada seis meses”, afirma Rômulo de Jesus, gestor comercial da 4TRUCK.

Depois de algum tempo de uso, os problemas mais comuns que costumam acometer as unidades móveis são pontos de infiltração na estrutura do furgão/baú, reaperto/fixação de algum equipamento, revisão de portas e gavetas do mobiliário em marcenaria, eliminação de pontos de contaminação (ferrugem), além da necessidade da revisão hidráulica e elétrica.

“Estes pequenos reparos surgem porque as unidades móveis estão em constante movimento. Em contrapartida, manter um negócio sobre rodas parado, por conta da falta de manutenção, é prejuízo na certa”, completa.

1-2-28032019-minEntre os aspectos que merecem atenção especial estão os itens elétricos, como quadros de distribuição e a bitola dos cabos de circuito, que precisam atender às recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Para respaldar os clientes, a 4TRUCK fornece ainda a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de todo o projeto elétrico.

Durante alguns anos, as unidades móveis compactas, voltadas para o setor de alimentação, foram bastante comercializadas, o que despertou uma demanda por ações de marketing de outros segmentos. Passaram, então, a serem criadas unidades móveis com a finalidade de servirem como estandes de vendas, unidades móveis de saúde, de capacitação, de divulgação, de degustação e demonstração de produtos.

Por: Redação Na Boléia

Data: 28 de março de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.