Rio tem aumento no número de roubos de carros

Data: 18 de maio de 2017
Postado em: HOME SLIDESHOW, Roubo

1-18052017O número de roubos de carros subiu no Rio de Janeiro no primeiro semestre deste ano. Cerca de 100 veículos por dia são roubados, o que significa um aumento de 16% no primeiro trimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado, quando a média de roubos diária era de 84 veículos. Os dados são da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg).

Conforme explica o diretor executivo da FenSeg, Julio Rosa, o aumento é resultado da violência crescente no estado. Segundo declaração do executivo, a redução da oferta de peças automotivas de reposição pela indústria, decorrente da diminuição da produção de veículos, desabasteceu os distribuidores e, consequentemente, provocando um aumento da procura por peças no mercado ilegal.

Na verdade, o Rio de Janeiro figura entre os quatro piores resultados do Brasil no que se refere a roubos de veículos nas capitais, sendo os demais Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais.
Os roubos ocorrem, geralmente, entre às 18h e 24h. Segundo o levantamento, os bairros da região com maior número de ocorrências são: Flamengo, Ipanema e Lagoa. A Ilha do Governador foi outro bairro que chamou atenção com aumento de 77,56% de crescimento dos roubos de veículos, no mesmo período.

Julio Rosa lembrou que esse cenário impacta no preço do seguro, uma vez que as seguradoras levam em consideração tanto fatores de riscos individuais do cliente, como idade, fatores gerais relacionados à região de circulação do veículo, como os índices de roubo ou furto de veículos. A pesquisa da FenSeg indicou ainda que os veículos roubados são destinados a desmanches, para revenda das peças, e clonagem com transferência dos carros para outros estados e países.

Dicas da FenSeg para se proteger contra roubos
Aos sair da garagem de casa, em horários de pouco movimento na rua, verifique as condições de segurança, veja, por exemplo, se há algum estranho por perto ou se há objetos interrompendo o caminho. Caso não sinta segurança em sair, aguarde um pouco;
Ao chegar em casa, aja da mesmo forma;
Após às 22h, tenha cuidado ao parar nos sinais. Fique atento ao movimento das ruas;
Nunca coloque bolsas, celulares ou qualquer outro objeto de valor sobre o banco do carona. Guarde tudo embaixo do banco;
Independentemente do local e horário, nunca fique dentro do carro parado com o motor ligado como, por exemplo, enviando mensagens pelo celular;
Nunca fique esperando pessoas dentro carro, muito menos com o motor ligado. Escolas e academias, por exemplo, são locais bastante visados pelos assaltantes;
Cuidado ao entrar e sair do veículo em estacionamentos de shoppings e supermercados;
Ao sair de grandes estacionamentos, verifique se os trincos das portas estão travados.

Por: Redação Na Boléia

Data: 18 de maio de 2017
Postado em: HOME SLIDESHOW, Roubo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.