Modelos que continuam fascinando os apaixonados por carros

Data: 21 de junho de 2018

3-1-22062018Ícone entre os veículos esportivos nacionais, o Ford Maverick foi lançado há 45 anos e, ainda hoje, possui admiradores fiéis. Atualmente, é possível encontrar em algumas lojas o modelo por valores que superam R$ 100 mil.

Caracterizado por seu capô longo e traseira curta, o Maverick caiu no gosto dos brasileiros. De início, o carro — lançado Ford para concorrer com o Opala, da General Motors — veio em três versões, todas duas-portas — em novembro de 1973, surgiu o modelo quatro-portas.

Apesar de bem recebido, o Maverick também teve críticas: alto consumo de combustível e pouco espaço no banco traseiro. Em 1974, foi lançada inicialmente para competições automobilísticas a versão Quadrijet (nome emprestado de seu novo carburador), que tinha um motor ainda mais potente. Pouco depois, ela também chegou às lojas.

A montadora encerrou a produção do Maverick no Brasil em 1979. No total, foram produzidas 108.106 unidades.

Hoje, o carro atrai admiradores e colecionadores. Em tempo, uma curiosidade: o nome Maverick deve voltar às ruas, mas como um utilitário. A nova aposta da Ford ainda não tem data para lançamento.

No sistema do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), constam 7.384 exemplares do modelo registrados no Estado. Destes, 486 têm a cobiçada placa preta, para colecionadores — para isso, é preciso ainda manter boa parte das características originais.

Tab3-2-22062018

Dia Mundial do Fusca

3-3-22062018Hoje, sexta-feira (22/6), também é celebrado internacionalmente o Dia do Fusca, modelo que ainda é um dos carros mais fabricados da história. No sistema do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) constam 827.234 unidades do modelo registradas no Estado. Destas, 6.430 têm a placa preta, para colecionadores.

O “besouro” foi criado pelo alemão Ferdinand Porsche — o mesmo da marca de esportivos. Lançado em 1935, foi chamado de Volkswagen, ou carro do povo. Logo ganhou o mundo, fazendo história em muitos países com nomes ou apelidos como Beetle, Bug, Käfer, Type 1, Carocha, Coccinelle, Escarabajo, Maggiolino…

Foi o Fusca (chamado de Volkswagen Sedan) que, em 1953, deu início à história da Volkswagen no Brasil. Naquele ano começou a montagem, na capital paulista, de modelos com peças importadas da Alemanha.

3-2-22062018A fabricação brasileira começou em 1959 e foi até 1986. De seu projeto, surgiram ainda outros sucessos, como a Brasília e a Variant. Em 1993, o Fusca voltou à linha de produção, a pedido do então presidente Itamar Franco. A nova fase durou até 1996. Houve até uma última versão, a Série Ouro, que teve apenas 1.500 unidades.

No Brasil, foram fabricados 3,3 milhões de Fuscas. No mundo todo, a produção foi de mais de 21,5 milhões de unidades. Ainda hoje, o “besouro” está entre os modelos mais fabricados de todos os tempos, seja no Brasil ou no planeta.

Neste Dia Mundial do Fusca, uma campanha nas redes sociais pede aos fãs que usem a hashtag #worldbeetleday2018 em seus posts. No Brasil, existe ainda o Dia Nacional do Fusca: 21 de janeiro.

 

Tab3-2-22062018
Por: Redação Na Boléia

Data: 21 de junho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.