Finados sem mortes: saldo positivo nas estradas

Data: 07 de novembro de 2017

3-1-07112017A CCR NovaDutra registrou um saldo positivo no feriado prolongado de Finados. Sem mortes, o feriado na via Dutra também terminou com menos acidentes e feridos em comparação com o último feriado prolongado (12 de outubro), Dia de Nossa Senhora Aparecida.

A redução de acidentes foi de 16%. Já o número de feridos caiu 6%. Os dados são do período compreendido entre a zero hora de quarta-feira (1/11) e a meia-noite de domingo (5/11) e se referem aos 402 quilômetros da rodovia (entre São Paulo e Rio de Janeiro).

Balanço de acidentes do feriado de Finados 2017

Acidentes: 98
Feridos: 65
Mortos: sem mortes

Comparativo – Balanço de acidentes do feriado do Dia de Nossa Senhora Aparecida 2017

Acidentes: 116
Feridos: 69
Mortos: 1

Pane mecânica lidera os atendimentos realizados pelo SOS Usuário

Um levantamento realizado pela CCR NovaDutra aponta que, novamente, a pane mecânica foi o principal motivo dos atendimentos realizados pela Concessionária durante um feriado prolongado. Dos mais de dois mil atendimentos realizados pela equipe do SOS Usuário no feriado de Finados, entre a zero hora de quarta-feira (1/11) e a meia-noite de domingo (5/11), 40% correspondem a atendimentos mecânicos ao longo dos 402 quilômetros da rodovia.

Nos dias da operação de feriado, as estatísticas contabilizaram 949 atendimentos em decorrência de problemas mecânicos. Na segunda e na terceira colocação, aparecem ocorrências de pneu furado (232 atendimentos) e de pane seca (135 atendimentos), ou seja, falta de combustível.

Distribuído por 11 bases operacionais instaladas estrategicamente ao longo da rodovia, o SOS Usuário da CCR NovaDutra atende, em média, 187 ocorrências de guinchamentos diariamente.

Principais atendimentos durante o feriado de Finados 2017

Pane mecânica: 949 atendimentos
Pneu furado: 232 atendimentos
Pane seca (falta de combustível): 135 atendimentos
Superaquecimento do motor: 85 atendimentos
Bateria descarregada: 69 atendimentos

Por: Redação Na Boléia

Data: 07 de novembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.