Como transportar crianças em veículos sem bancos traseiros

Data: 18 de janeiro de 2018

Como transportar crianças em veículos sem bancos traseirosSegundo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), o transporte de crianças no automóvel deve ser realizado no banco traseiro até elas completarem os dez anos de idade, sempre utilizando os dispositivos de retenção adequados para cada idade.

Mas e quando o veículo for uma picape? De acordo com a Resolução 277 do CONTRAN, para veículos que não contenham banco traseiro – como as picapes de cabine simples –, o transporte de crianças com até dez anos de idade poderá ser realizado no banco dianteiro, mas sempre utilizando os dispositivos de retenção:

 

São eles:

Bebê-conforto: Deve ser utilizado para o transporte de crianças com até 1 ano de idade.

OBS.: Na utilização do dispositivo de retenção infantil tipo “bebe conforto” no banco dianteiro, é importante a desativação do airbag do passageiro, evitando que haja agravamento dos ferimentos nas crianças em caso de deflagração de airbag proveniente de um impacto. Verifique o manual do veículo para identificar como realizar essa desativação enquanto estiver transportando crianças no “bebe conforto”. Caso o veículo não possua a desativação do airbag do passageiro, o bebe conforto não deve ser instalado no banco dianteiro.

Cadeirinha: Crianças com idade entre 1 e 4 anos deverão utilizar esse dispositivo de segurança.

OBS.: Na utilização desse dispositivo no banco dianteiro, esse não deve conter bandejas, pois esses acessórios podem agravar ferimentos em caso de colisão quando o veículo for equipado com airbag frontal.

Assento de elevação: Utilizados por crianças de 4 a 7,5 anos.

As crianças com idade superior a 7,5 anos podem utilizar o cinto de segurança do automóvel, sem a utilização de outros dispositivos de retenção, mas atente-se a estatura da criança e nunca deixe o cinto de segurança muito próximo do pescoço.

OBS.: Caso utilize assento de elevação no banco dianteiro, recomenda-se que posicione o banco na última posição, deixando o banco o mais afastado possível do painel do veículo equipado com airbag.

Quem não cumprir essas regras está sujeito a penalidade de:
• Infração gravíssima com 7 pontos na CNH.
• Multa no valor de R$ 293,47.
• Retenção do veículo até a regularização.

IMPORTANTE – Se a quantidade de crianças com idade inferior a 10 anos ultrapassar a capacidade de lotação do banco traseiro, a criança de maior estatura pode ser transportada no banco dianteiro, utilizando o cinto de segurança do veículo ou dispositivo de retenção adequado.

Fonte: CESVI/MAPFRE (Centro de Experimentação e Segurança Viária)

Por: Redação Na Boléia

Data: 18 de janeiro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.