Aumento do diesel: novos pisos mínimos de frete são publicados

Data: 10 de setembro de 2018

1-1-10092018-minNo último dia 5 de setembro, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) publicou, no Diário Oficial da União, a nova tabela com os pisos mínimos de frete. A alteração ocorre devido ao aumento do preço do diesel, obedecendo à lei nº 13.703/2018, que determina que os valores sejam reajustados sempre que o preço do óleo diesel tenha oscilação superior a 10%. A resolução que prevê os novos valores é a de número 5.827/2018.

O último aumento foi anunciado em 31 de agosto pela Petrobras, que reajustou o preço médio do diesel nas refinarias em 13%. Com isso, o preço do litro aumentou R$ 0,26: passou de R$ 2,0316 para R$ 2,2964.

A ANTT revelou que o impacto médio no preço mínimo do frete foi de 5%, dependendo do tipo de carga. A entidade também explica que as tabelas têm caráter obrigatório para o mercado de fretes do País. Foram elaboradas em conformidade com as especificidades das cargas e estão divididas em: carga geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel. A metodologia utilizada para definição dos preços mínimos baseou-se no levantamento dos principais custos fixos e das variáveis envolvidas na atividade de transporte.

Por: Redação Na Boléia

Data: 10 de setembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.