Na Boléia

Apaixonados por Caminhões

No feriadão, trânsito na Anchieta/Imigrantes cai 35%

O sistema Anchieta-Imigrantes registrou queda de 35,3% na movimentação de veículos leves na quarta-feira (20/5), primeiro dia dos feriados antecipados de Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro).

Desceram ao litoral, 31.905 veículos contra 49.294 que utilizaram o sistema na quarta-feira da semana passada. Foram 17.389 veículos leves a menos, de acordo com levantamento preliminar da ARTESP.

A Secretaria de Logística e Transportes (SLT) informa que não foram instalados bloqueios ou implantadas restrições de utilização das rodovias paulistas. Apesar disso, o acesso às praias está sendo restrito pelas Prefeituras locais. O Governo de São Paulo ofereceu apoio aos municípios que pretendem instalar barreiras sanitárias em seus perímetros.

A Polícia Militar está desenvolvendo operações nas rodovias estaduais paulistas e cidades turísticas durante o período de feriado, de modo a intensificar a ação de presença e orientar o cidadão quanto à necessidade de isolamento social e medidas preventivas.

Além do sistema Anchieta-Imigrantes, outras rodovias apresentaram queda no fluxo de veículos na quarta-feira (20) em comparação com o mesmo dia, da semana passada. “Os números mostram que a população está entendendo que este feriado não é para o lazer. É preciso manter o isolamento social como forma de combate à disseminação do Coronavírus”, ressalta João Octaviano Machado Neto, secretário estadual de Logística e Transportes.

Outras rodovias:
  • Sistema Anhanguera/Bandeirantes – queda de 4,2% (de 95.704 veículos para 91.679);
  • Sistema Castello Branco/Raposo Tavares – queda de 6,1% (de 88.985 veículos para 83.520);
  • Rodoanel Mário Covas – queda de 4,3% (de 95.551 veículos para 91.458).

O DER e a Artesp realizam campanhas nas redes sociais e nos PMVs (painéis de mensagens variáveis) para conscientizar motoristas e passageiros a ficar em casa e contribuir de maneira decisiva para o enfrentamento ao coronavírus.

Por Redação Na Boléia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *