Na Boléia

Apaixonados por Caminhões

VW Caminhões inicia as celebrações de seus 40 anos

A Volkswagen Caminhões e Ônibus inicia as celebrações pelos seus 40 anos de existência. Em fevereiro de 1981, o Brasil e o mundo conheceram a até então inédita Volkswagen Caminhões, marca que vem fazendo história no segmento de caminhões e ônibus sob medida para os clientes.

Para seguir nessa trajetória de sucessos, a empresa, em seu 40º aniversário, inicia um ciclo de investimentos de R$ 2 bilhões entre os anos de 2021 e 2025, o sexto e maior período consecutivo de aportes no país. Em outubro do ano passado, a marca chegou ao número histórico de 1 milhão de veículos produzidos.

A montadora iniciou suas atividades com apenas dois modelos de caminhões: o VW 11.130 e o VW 13.130, ambos fabricados em São Bernardo do Campo (SP).

Hoje sua linha para o transporte de cargas vai de caminhões de 3,5 a 125 toneladas de peso bruto total, com três famílias VW – Delivery, Constellation e Meteor – , além dos MAN TGX. A VWCO desenvolveu também uma linha completa para o transporte de passageiros, com chassis Volksbus para os mercados de ônibus rural, urbano, fretamento, rodoviário e escolar. Os produtos são montados na moderna fábrica de Resende (RJ), e parte deles também na filial da empresa em Querétaro, no México.

Celebrar ao longo deste ano o quadragésimo aniversário é um orgulho para todos nós da VWCO, uma marca essencialmente criada por brasileiros para o mundo todo. Ao longo desses anos, sob medida, desenvolvemos e produzimos veículos que se tornaram verdadeiros ícones do transporte, e criamos um modelo até hoje inovador de produção, o Consórcio Modular. Seguimos entregando o melhor para os nossos clientes, sempre com o slogan ‘Menos, você não quer; mais, você não precisa’. E acreditamos que nosso futuro será brilhante”, diz Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Ao longo dessas quatro décadas, a VWCO produziu alguns dos maiores sucessos do mercado brasileiro de veículos comerciais, como as famílias de caminhões Delivery e Constellation.

A fábrica de Resende tornou-se também um polo exportador para países da América Latina, África e Oriente Médio, levando os produtos VWCO a cerca de 30 mercados internacionais.

Modelo de produção exclusivo

Criado juntamente com a fábrica de Resende, que em novembro próximo completará 25 anos de operação, o Consórcio Modular é o modelo de produção da VWCO em que a fabricante de veículos comerciais delega a responsabilidade de montagem em sua fábrica a sete fornecedores ali chamados de parceiros.

Essa inovação contribuiu para a montadora focar no desenvolvimento e controle de qualidade dos seus produtos. Inicialmente concebida para produzir 150 veículos por dia em dois turnos, a fábrica hoje tem capacidade instalada de até 100 mil unidades por ano.

Além do desenvolvimento de produtos com sua Engenharia também localizada em Resende, a empresa cuida dos testes de qualidade que contemplam segurança e conformidade com os padrões mundiais do Grupo Volkswagen.

Uma rede de concessionários e importadores com cerca de 350 pontos de venda espalhados por dois continentes faz a distribuição de seus produtos.

Veículos elétricos

A VW Caminhões e Ônibus também deu um grande passo na viabilização da mobilidade elétrica para a produção dos primeiros caminhões elétricos brasileiros com a criação do inédito e-Consórcio.

A proposta é cuidar desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria desses caminhões, alavancando o comprometimento de toda a cadeia de fornecedores de maneira tão integrada.

A Ambev e a VW Caminhões e Ônibus oficializaram acordo para entrega dos 100 primeiros caminhões elétricos e-Delivery. A partir do segundo semestre deste ano, os veículos distribuirão as bebidas da Ambev utilizando energia totalmente limpa pelas ruas de São Paulo e Rio de Janeiro.

O acordo faz parte do compromisso da companhia de ter 1.600 caminhões Volkswagen elétricos na sua frota parceira até 2023, um dos maiores anúncios do tipo no mundo.

Por Redação Na Boléia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *