Na Boléia

Apaixonados por Caminhões

Mercedes-Benz reforça ações sociais para minimizar efeitos da pandemia

A Mercedes-Benz do Brasil vem mantendo seus esforços para promover ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19. A empresa organizou uma série de iniciativas que engajam tanto os colaboradores de suas fábricas em São Bernardo do Campo (SP), Campinas (SP) e Juiz de Fora (MG), quanto parceiros e terceiros em diversas ações.

Entre as iniciativas realizadas, a Mercedes-Benz mobilizou seus mais de 10 mil funcionários para uma campanha de arrecadação de alimentos, que somou quase 2 mil quilos (2 toneladas) de produtos não perecíveis. Ao mesmo tempo, a empresa doou o equivalente a quase 10 mil quilos (10 toneladas) em cestas básicas. No total, foram quase 12 toneladas de alimentos, já entregues aos três municípios para atendimento das famílias mais necessitadas.

Desde o início da pandemia, estamos reunindo esforços e adotando medidas que possam amenizar seus efeitos negativos, seja com as nossas ações internas de proteção e prevenção da doença entre colaboradores, parceiros e fornecedores, seja externamente, para as comunidades em que estamos presentes. Nós temos como propósito fazer a diferença na vida das pessoas”, afirma Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

Parcerias pelo bem

Além da campanha de arrecadação de alimentos, outras ações estão sendo realizadas em apoio às comunidades neste momento mais difícil de pandemia, como a doação de dois geradores de energia para dois hospitais em Juiz de Fora (MG) e a entrega de 9 mil faceshields para hospitais localizados no ABC Paulista, Campinas e Juiz de Fora. Além disso, a Mercedes-Benz também cedeu 53 cilindros de oxigênio da Air Liquid que estavam em suas fábricas para serem utilizados em vários hospitais pelo País.

Uma doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) pela unidade de Campo de Provas em Iracemápolis (SP) para um hospital local também está em andamento. Desde março de 2020, quando a pandemia da Covid-19 chegou ao Brasil, a Mercedes-Benz tem se prontificado a ajudar em diversas frentes doando itens de segurança para outros cinco hospitais e um respirador ao hospital Irmandade de Misericórdia de Jahu, em Jaú (SP).

CA companhia também apoiou a produção de respiradores junto à KTK Indústria e Comércio de Equipamentos Hospitalares, de São Paulo, em um projeto que envolveu outras empresas do setor automotivo, como ABB, Bosch, Caoa Chery, General Motors, Flex e Toyota.

Cerca de 50 funcionários voluntários, além de um gerente líder de projeto, trabalharam diretamente com a KTK nos processos de linha de montagem final e na cadeia de fornecedores. A Mercedes-Benz colocou à disposição suas instalações, recursos e sua força de trabalho voluntária a fim de contribuir em todas as frentes possíveis. O projeto, realizado entre 11 de maio e 24 de junho de 2020, fabricou mais de 3 mil respiradores.

Em outra ação, também apoiou na manutenção de respiradores que estavam inoperantes em 17 hospitais do País, em um projeto coordenado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Finalizado em 31 de julho do ano passado, foram reparados 47 respiradores e entregues de volta às unidades de saúde.

Além disso, a Mercedes-Benz se uniu ao Instituto Mauá para desenvolver e produzir respiradores mecânicos, também conhecidos como ventiladores mecânicos, eficazes e de baixo custo, utilizando como matéria-prima peças da indústria automotiva. Outro projeto, também em parceria com o Instituto Mauá e a Universidade de São Paulo (unidade de São Carlos/SP), foi possível contribuir com o desenvolvimento e produção de máscaras de proteção em impressoras 3D da própria Empresa e do Instituto Mauá. Os itens foram doados para os profissionais de saúde em hospitais da região do ABC.

Um incentivo da Empresa também garantiu a produção de 40 mil máscaras pelas costureiras da Comunidade da Escola de Samba Rosas de Ouro: todo o material foi doado às comunidades carentes.

Solidariedade das estradas

Aos caminhoneiros, que não deixaram o País parar, os concessionários Mercedes-Benz de vários estados, em parceria com seus colaboradores, distribuíram kits lanche, marmitex, garrafas de água, produtos de higiene e álcool gel aos motoristas, tanto em pontos da estrada, quanto em postos da Polícia Rodoviária ou nas instalações da própria revenda.

O Sest-Senat foi um dos parceiros que contribuíram com algumas iniciativas dos concessionários ao orientar os motoristas sobre a Covid-19 e formas de proteção. Também para o motorista, a Mercedes-benz lançou o Estrelas das Estradas, uma nova plataforma de cursos profissionalizantes totalmente gratuitos, abrangendo conceitos essenciais para a vida profissional e pessoal, de modo interativo e com linguagem acessível.

Como alternativa ao isolamento, a Empresa lançou ainda o Showroom Virtual, a plataforma digital da Mercedes-Benz que leva os clientes para dentro das concessionárias de caminhões, ônibus e Linha Sprinter de todo o Brasil dedicada à comercialização de veículos novos e também dos seminovos SelecTrucks, além da oferta de peças e serviços, incluindo Banco e Consórcio da marca. Um jeito prático e seguro para atender às necessidades dos clientes que mantiveram suas atividades profissionais.

Já para o segmento de ônibus, a Mercedes-Benz criou e está fortalecendo cada vez mais a campanha ‘Vá de ônibus. Vá seguro’, com incentivo às ações de saúde e segurança desenvolvidas pelas empresas de transporte de passageiros, reconhecendo as boas práticas das companhias do setor e também das encarroçadoras do transporte urbano e rodoviário.

O site da campanha reúne mais de 30 vídeos de curta duração, que apresentam as diferentes medidas de higienização e sanitização adotadas por empresas de ônibus e parceiros. O objetivo é comprovar que os ônibus, uma vez com todas os protocolos de saúde adotados, podem ser seguros mesmo em período de pandemia.

Todas as ações que realizamos neste momento de pandemia reafirmam o nosso comprometimento com o bem-estar e a saúde dos nossos colaboradores, clientes, parceiros e comunidade da qual fazemos parte em qualquer situação”, conclui Deppen.

Por Redação Na Boléia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *