Na Boléia

Apaixonados por Caminhões

Função das molas no sistema de suspensão do veículo

Itens essenciais no sistema de suspensão, molas e amortecedores ajudam auxiliam a manter a dirigibilidade do veículo, o conforto e a segurança dos ocupantes do veículo. Por isso, devem ter especial atenção do motorista na hora da manutenção.

A mola tem como função absorver os impactos causados pelas irregularidades das vias, suportar o peso do veículo, e manter a altura do veículo em relação ao solo. Analisando o sistema de suspensão, as molas são os componentes que estão trabalhando 24 horas por dia, mesmo quando o veículo não está sendo utilizado, por isso, deve estar sempre em perfeitas de condições de uso.

O sistema de suspensão, composto por diversos componentes, entre eles, molas, amortecedores, barras estabilizadora, pivô e bandeja de suspensão, é fundamental não só por manter a dirigibilidade do veículo, mas também para auxiliar na segurança e conforto dos ocupantes do veículo”, comenta Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata, explicando a importância do conjunto de componentes para rodar com o veículo com mais tranquilidade.

Molas e amortecedores trabalham em conjunto. Ele explica que as molas absorvem os impactos sofridos pelas rodas e os amortecedores seguram a sua distensão severa, evitando oscilações no automóvel.

Segundo Silva, sem as molas e os amortecedores, o desconforto seria grande, principalmente, ao passar por buracos e lombadas. Também há a questão da durabilidade de diversos itens do veículo, que reduziria com os fortes impactos sofridos.

“No veículo, os solavancos podem vir a ocasionar até trincas na estrutura”, ressalta o gerente, acrescentando que a vibração também pode provocar ruídos provenientes do painel do automóvel.

A verificação periódica das molas junto com os demais componentes do sistema de suspensão, sempre que o veículo passar por uma revisão a cada 6 meses ou 10 mil km por exemplo ou de acordo com o plano de revisão da montadora.

Analisando se as molas apresentam batidas entre elos, ferrugem, trincas, quebras ou se o veículo apresenta frente ou traseira mais baixa em relação ao solo.

Uma mola danificada pode danificar os demais componentes do sistema da suspensão, podendo danificar sensores e flexíveis do sistema de freio e principalmente danificar um pneu. Podendo provocar um acidente. A manutenção preventiva é a melhor solução para quem quer evitar paradas inesperadas e acidentes.

Por Redação Na Boléia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *