VWCO inicia mais uma edição do projeto Estação Ceasa

Data: 06 de maio de 2019
Postado em: HOME SLIDESHOW

1-1-06052019-minA Volkswagen Caminhões e Ônibus participa mais uma vez do Estação Ceasa edição 2019. O projeto, exclusivo da VWCO, visita diversos entrepostos de distribuição de alimentos no Brasil, buscando oferecer a melhor solução para quem atua no transporte de hortifrutigranjeiros, a um custo muito competitivo.

Neste ano, a montadora passará por 14 etapas. A primeira ocorreu em Londrina (PR), entre os dias 23 e 25 de abril. Ao todo 11 estados brasileiros serão visitados. Em cada etapa ocorrerão três dias de programação para atender ao público da Estação Ceasa, seguindo a agenda de cada local.

Uma estrutura estará presente em todas as etapas para os interessados terem um atendimento personalizado com os representantes da área de Vendas da fabricante e da rede de concessionárias. Além disso, os estados visitados terão test-drive do VW Delivery 9.170.

“Estamos mais um ano levando nossas melhores soluções para a Estação Ceasa. Nosso portfólio apresenta diversas configurações para satisfazer a necessidade mais específica dos profissionais que atuam nessas centrais de abastecimento. Como sempre, produtores, distribuidores, transportadores, atacadistas e varejistas vão encontrar nossas ofertas de caminhões sob medida para sua aplicação com excelente relação custo-benefício e poderão contar com diversas ferramentas para agilizar o negócio”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Segundo a empresa, a lista dos caminhões mais vendidos em 2018 nos mercados dos semileves e leves tem a presença do Delivery. São três versões do caminhão entre os dez mais licenciados dos semileves – PBT de 3.501 Kg a menos de 6 ton. – e quatro entre os leves, com PBT homologado entre 6 e 10 toneladas, conforme informou a montadora.

O VW Delivery 9.170 é um modelo sustentável, que traz redução de peso da ordem de 10% na comparação com seu antecessor e, consequentemente, promete mais economia de combustível, menos emissões e maior capacidade de carga. Seu motor é o Cummins ISF de 3,8 litros e tecnologia SCR, torque máximo de 600 Nm e 165 cv de potência. A transmissão manual é a Eaton ESO-6106, com seis velocidades. O modelo contará ainda com uma opção de transmissão.

Por: Redação Na Boléia

Data: 06 de maio de 2019
Postado em: HOME SLIDESHOW

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.