Volta às aulas: o que ficar atento no transporte escolar

Data: 07 de agosto de 2018

3--7082018-minAs aulas começaram e o transporte das crianças é uma questão levantada pelos pais, que se preocupam em garantir a segurança de seus filhos. O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) traz 10 dicas aos pais que pretendem contratar o transporte escolar privado para levar suas crianças.

A escolha de um bom serviço garante a segurança dos pequenos no trajeto entre a casa e a escola. Por isso, o Detran.SP lista abaixo os principais itens a serem observados na hora de optar por esse tipo de transporte:

1) Peça referências na escola e para outros pais;
2) Verifique se o condutor é habilitado, no mínimo, na categoria “D”;
3) O motorista também tem que ter a inscrição “T.E.” no verso da habilitação. As iniciais indicam que ele concluiu o curso de especialização para transporte de escolares;
4) Confira se há cintos de segurança em número igual à lotação e em bom estado. A legislação federal não exige o uso de cadeirinhas nos veículos de transporte escolar, mas todas as crianças devem ser transportadas sentadas e com cinto de segurança afivelado;
5) Certifique-se de que as janelas não abram mais que 10 cm. Essa trava é obrigatória para a segurança dos pequenos;
6) Observe como o motorista recepciona as crianças na porta da escola e prefira o transporte que tenha outro adulto acompanhando as crianças, além do condutor;
7) O veículo deve ter o termo de autorização para este tipo de transporte, além da vistoria regular do Detran.SP, que precisa ser feita semestralmente;
8) Verifique as condições dos equipamentos obrigatórios (lanternas, pneu, espelho retrovisor, etc.);
9) Observe as condições de higiene, conforto e segurança;
10) Questione o itinerário e o tempo de permanência do aluno no veículo.

Por: Redação Na Boléia

Data: 07 de agosto de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.