Volkswagen Constellation 17.280: eleito Melhor Caminhão de 2017

Data: 12 de abril de 2018

1-2-12042018-minO Volkswagen Constellation 17.280 foi eleito Melhor Caminhão de 2017, na Argentina. O modelo é produzido na fábrica da MAN Latin America em Resende/RJ, sendo voltado para uso urbano em curta e média distâncias para todos os tipos de aplicações: carga geral, cereais, bebidas, construção e outros.

“Desenvolvemos esse caminhão sob medida para os clientes da Argentina e a premiação comprova que ele conquistou seu espaço. Pela primeira vez, alcançamos o posto de caminhão mais vendido em um ano no país e isso está alinhado aos nossos objetivos. Queremos ser campeões globais”, afirma Marcos Forgioni, vice-presidente de Vendas & Marketing – Mercados Internacionais.

O Constellation premiado usa a tecnologia EGR de tratamento de emissões, que ao contrário do SCR não necessita de Arla 32, o que representa uma vantagem tanto em termos operacionais quanto de economia. O modelo está disponível na Argentina nas versões cavalo-mecânico (Tractor) e rígido, que pode ser encomendado com três tipos de cabine: estendida, leito teto alto e leito teto baixo, com mais de 3,2 m de altura.

Também está equipado de série com freios com sistema ABS (que evita que a roda bloqueie quando o pedal de freio é pisado fortemente e entre em derrapagem) e EBD (funciona em conjunto com o sistema ABS e tem a função de distribuir a força de frenagem entre as rodas do veículo). O freio de cabeçote EVB é outro destaque, reduzindo a necessidade de utilização dos freios de serviço e, assim, os custos de manutenção.

Investimentos da VW para produção do SUV T-Cross no Brasil

A Volkswagen do Brasil anunciou o investimento de R$ 2 bilhões para o desenvolvimento e a produção do SUV T-Cross em sua fábrica de São José dos Pinhais (PR). O modelo é o primeiro SUV produzido pela Volkswagen no Brasil. O anúncio foi feito durante cerimônia na fábrica do Paraná, que contou com as presenças de Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América do Sul e Brasil; Beto Richa, Governador do Estado do Paraná; Toninho Fenelon, Prefeito de São José dos Pinhais, representantes do Sindicato da região, executivos, fornecedores, concessionários e colaboradores da unidade paranaense.

O montante contempla a ampliação da fábrica, modernização da manufatura, testes de certificação e validação do produto, desenvolvimento local de peças e qualificação de pessoal, além de ações para o lançamento do modelo no Brasil. O valor faz parte do plano de investimentos da empresa no Brasil, que prevê R$ 7 bilhões até 2020.

“A empresa vive um momento de transformação para uma Nova Volkswagen. Além de muito mais próximos de todos os nossos públicos, estamos colocando em prática a maior ofensiva de produtos da história da Volkswagen no País. Serão 20 lançamentos até 2020, 5 deles SUVs completamente novos, como é o caso do T-Cross”, afirma Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América do Sul e Brasil.

A produção do T-Cross e a chegada ao mercado brasileiro e exportações aos principais mercados na região América do Sul, Central e Caribe estão programadas para o primeiro semestre do ano que vem.

Veja vídeo aqui 



Pular anuncio

Por: Redação Na Boléia

Data: 22 de novembro de 2017
Postado em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.