Vídeo: história de amor que terminou no altar com noivos chegando de FH

Data: 17 de maio de 2019

3-2-17052019-minAo estacionarem os caminhões e caminharem para o altar, Eduardo e Graciela coroavam uma história de amor marcada por sonhos de ambas as partes. Filho e neto de motoristas de caminhão, Eduardo passou a infância e a adolescência sonhando em um dia ter o próprio veículo e ganhar as estradas. Ele queria ter uma família e trabalhar dirigindo um caminhão. Graciela queria se casar com Eduardo e constituir família, mas o queria por perto. Chegou a fazer a promessa de terminar o relacionamento caso ele optasse pela vida nas estradas.

“A vontade de ter um caminhão, trabalhar com liberdade, começou muito cedo, quando eu era garoto”, lembra Eduardo. Trilhando juntos uma vida de dificuldades, decidiram não renunciar aos seus sonhos: Eduardo começou a trabalhar e a ganhar a vida como motorista, Graciela manteve o namoro e tudo terminou no altar, os noivos felizes desembarcando da cabine de dois FHs. “Chegar ao casamento dirigindo os caminhões foi uma meta que eu tracei. Muito obrigada aos caminhões! A gente está onde está, tem o que tem, graças a eles”, diz Graciela.

“O vídeo faz parte da websérie ‘Meu Volvo, Minha História’, que tem um total de 20 filmes, cada um deles contando uma história de vida de clientes da Volvo tendo como pano de fundo o caminhão ou o ônibus da marca”, afirma Ana Severino, responsável na Volvo pela série. “As pessoas e suas histórias dão vida aos vídeos. Os depoimentos mostram sua emocionante relação com a marca e com os nossos veículos”, complementa Daniel Mello, diretor de comunicação e de marketing da Volvo do Brasil.

Chamado “Casamento 2”, o vídeo recebeu esse nome porque é o segundo da série que culmina com os noivos no altar dentro do FH. O primeiro “Casamento” , de 2018, é até hoje o filme mais visto no YouTube da Volvo Caminhões no Brasil, com mais de 751 mil acessos.

Assista o vídeo



Por: Redação Na Boléia

Data: 17 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.