Sistema desenvolvido pela Ford pode decretar o fim dos semáforos

Data: 17 de outubro de 2018

3-2-17101985-minUma nova tecnologia que pode decretar o fim dos semáforos foi apresentada pela Ford, no Reino Unido. Trata-se do gerenciamento de prioridade nos cruzamentos (Intersection Priority Management – IPM), que usa a comunicação veículo a veículo (V2V) e sugere a velocidade que eles devem seguir para passar nos entroncamentos com segurança sem precisar parar.

Inspirado na forma como os pedestres fazem seu caminho na multidão, diminuindo ou aumentando a velocidade para evitar esbarrões, o sistema foi demonstrado nas ruas de Milton Keynes, no Reino Unido, dentro do programa Autodrive.

“Sabemos que os cruzamentos e semáforos podem ser um pesadelo para os motoristas”, disse Christian Ress, supervisor de Tecnologias de Assistência ao Motorista, na Pesquisa e Engenharia Avançada da Ford. “Com a tecnologia de carros conectados imaginamos um mundo em que os veículos sejam mais conscientes uns dos outros e do ambiente, permitindo uma colaboração inteligente nas ruas e junções”.

Economia de combustível

O motorista médio passa dois dias por ano esperando em semáforos. Porém, mais que aborrecidos, os cruzamentos causam até 60% dos acidentes de trânsito. Evitar essas paradas, além de ganhar tempo, também pode economizar combustível.

Os veículos da demonstração foram dirigidos por motoristas, mas a tecnologia poderá ser usada também em veículos autônomos. A automação de como os veículos negociam entre si nos cruzamentos pode trazer, um dia, o fim dos semáforos e sinais de trânsito. Os veículos autônomos atuais operam de forma independente, usando as tecnologias de sensores e mapas a bordo. Com os sistemas de comunicação V2V e veículo-para-tudo (V2X), eles poderão aumentar sua eficiência no futuro.

Outras tecnologias apresentadas no programa Autodrive são o alerta de colisão em cruzamentos, o aviso de velocidade ideal para sinal verde, o estacionamento colaborativo – que cria um mapa compartilhado das vagas disponíveis – e o sistema que informa a localização e distância de um veículo de emergência quando ele se aproxima.

Veja o vídeo.



Por: Redação Na Boléia

Data: 17 de outubro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.