Quarta etapa do 7º Rodeio de Caminhões é realizada em Fortaleza

Data: 27 de março de 2018

3-27032018-minA cidade de Fortaleza foi palco da quarta etapa do 7º Rodeio de Caminhões, que aconteceu neste último final de semana, no Matriz da Lima Transportadora. Promovido pela Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, o torneio tem o objetivo de estimular e valorizar, entre os motoristas de caminhões-tanque, a importância da excelência operacional para a segurança viária e para a saúde destes parceiros.

O Rodeio conta com 50 motoristas que, com a torcida de suas famílias, têm de mostrar suas habilidades à frente de um caminhão-tanque. Ao todo, o condutor deve realizar uma rotina de cinco testes de precisão de manobras, em um tempo máximo de 7 minutos: curva com cones, estacionamento de ré, estacionamento paralelo ao meio-fio em 90 graus, condução em linha reta com pinos e linha de parada, além de ser submetido a testes teóricos das rotinas operacionais.

Para participar, o motorista – além de realizar provas teóricas sobre atividades cotidianas antes da competição – precisa pertencer a uma transportadora que tenha atingido todos os indicadores de performance de segurança no período, como zero acidente com pessoas e zero derrame de carga líquida. Os profissionais ainda precisam ter um histórico de zero violação, não apresentando picos de velocidade e com um rigoroso cumprimento das regras de jornada de trabalho.

A final será realizada em Salvador. Os 50 melhores pontuados no ranking geral participarão do evento em um resort com a companhia e a torcida de suas famílias. O prêmio ao vencedor é um carro 0km; o segundo colocado recebe uma moto 0km; o terceiro ganha uma TV com home theater. Nas etapas regionais, os prêmios são, respectivamente, do primeiro ao terceiro lugares, uma TV Led 43’, um tablet e um notebook

Por: Redação Na Boléia

Data: 27 de março de 2018

2 thoughts on “Quarta etapa do 7º Rodeio de Caminhões é realizada em Fortaleza”

  1. Viagraonline disse:

    Se o Militão tivesse surgido no Santos, hoje seriam um dos maiores zagueiros do Brasil. Apoiado desde a estréia no time titular, e amado/defendido pela torcida. Receberia CONFIANÇA E APOIO. Mas no SPFC da “era Rodrigo CAIo, o rapaz vem bem da base, encostam ele no banco mesmo com zagas sofríveis como foram nos anos anteriores, e aí quando recebe a “oportunidade o queimam colocando numa função que nunca foi a sua. Ai o rapaz joga abaixo da expectativas, pois NÃO É UM LATERAL DIREITO DE NÍVEL DE SELEÇÃO BRASILEIRA como espera o torcedor e esse mesmo torcedor panaca xinga, critica o rapaz. O “curioso é que com o pangaré do R.Caio ninguém se manifesta, não há criticas com a mesma intensidade. O SPFC está TODO errado, inclusive a sua torcida. Eu, no lugar do Militão, faria a mesma coisa: Avisaria que não iria renovar contrato e procuraria um lugar/clube/torcida/ambiente melhor para trabalhar.

    1. Raquel disse:

      Fabiana, obrigada pelo comentário: reclamação publicada. Mas gostaríamos de informar também que a Editora Na Boléia é uma empresa de comunicação que atua, exclusivamente, na área de transporte rodoviário de cargas. Mas agradecemos imensamente seu contato. Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.