Novo Cargo 1719 vocacionado para atender o segmento de bebidas

Data: 07 de setembro de 2017

1-08092017Resultado de um desenvolvimento conjunto com implementadores e clientes para atender às necessidades desse setor, a Ford Caminhões lançou o Cargo 1719 vocacionado para o segmento de distribuição de bebidas, com preparação especial que facilita a implementação. O segmento é considerado um dos mais importantes da indústria de caminhões.

“A volta a esse importante segmento é mais um resultado do novo posicionamento da marca Ford Caminhões [representado pela assinatura “Seu mundo não pode parar”], que tem como foco três pilares: serviço, relacionamento e produto. O objetivo é garantir que os clientes tenham seus caminhões sempre rodando e produzindo, com a máxima rentabilidade do equipamento”, destaca Oswaldo Ramos, gerente geral de Vendas e Marketing da Ford Caminhões.

Com peso bruto total de 16 toneladas, motor de 189 cv e transmissão de seis marchas, o Cargo 1719 para bebidas vem preparado de fábrica com um conjunto completo de acessórios para implementação com carrocerias rebaixadas compartimentadas, para oito ou dez pallets. O kit inclui EGP externo (sistema de tratamento dos gases de exaustão), para-choque estreito, feixe de molas curto, chicote ABS e dois cardãs adicionais, além de capa do chassi na área de corte para o rebaixamento.

“O principal diferencial do novo Cargo 1719 para bebidas é a facilidade de implementação. Ele tem a montagem mais simples do mercado, que se traduz em agilidade e economia para o cliente”, comenta Oswaldo Ramos. “Além disso, conta com a conhecida robustez e desempenho da linha Cargo, que se somam ao serviço pós-venda rápido, com qualidade e preço justo.”
Como os demais veículos da marca, o novo caminhão dispõe do programa completo de serviços da Ford Caminhões para garantir a operação e rentabilidade da frota, que inclui os planos de manutenção Ford Service, o sistema de rastreamento e monitoramento FordTrac, a assistência SOS 24 horas e o suporte técnico Disk Ford Caminhões.

Por: Redação Na Boléia

Data: 07 de setembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.