Mercedes-Benz reforça participação no agronegócio com as vendas do Axor

Data: 30 de maio de 2018

1-3-30052018-minA Mercedes-Benz realizou comercializou 140 caminhões extrapesados Axor 3344 6×4 off-road para a Ouro Verde, prestadora de serviços de terceirização de veículos leves, máquinas e equipamentos e cliente da marca desde a fundação da empresa, há 45 anos.

Segundo informou Karlis Kruklis, diretor presidente da Ouro Verde, o modelo atende plenamente às demandas de produtividade, disponibilidade e custos operacionais da empresa. Tanto que a Ouro Verde já possui 500 unidades deste modelo em sua frota.

“Somente em 2018, já adquirimos 140 unidades do Axor 3344 para renovação e ampliação de frota. Desse total, fechamos 40 unidades na Agrishow, maior evento do agronegócio na América Latina, realizado em final de abril”, acrescenta.

Os caminhões Axor 3344, nas versões cavalo mecânico e plataforma, são utilizados pela Ouro Verde, principalmente, para operações fora de estrada na produção de cana de açúcar e etanol, bem como, mineração e florestal. “Desde o segundo semestre do ano passado, estes setores vêm crescendo sistematicamente, dando sinais sólidos de recuperação, o que nos deixa animados”, ressalta Karlis.

Para Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, a nova venda para a Ouro Verde reforça a presença da marca na frota do cliente, que tem importante operação no setor do agronegócio.

1-2-30052018-minO diretor presidente da Ouro Verde destacou os principais pontos que levam sua empresa a manter alta preferência pelo extrapesado. “O Axor 3344 é robusto e resistente, evoluiu muito em consumo de combustível e quase não dá manutenção. Além disso, o Axor 3344 tem um valor de revenda muito bom e uma ótima aceitação. Isso é muito importante para nós na hora da renovação da frota”, garante.

Mais da metade das 140 unidades do Axor 3344 foram adquiridas por meio de financiamento do Banco Mercedes-Benz. O cliente informa que a Ouro Verde tem, hoje, uma frota de 2.000 caminhões, que também são utilizados em operações rodoviárias, como logística, transporte e serviço urbano.

Nos primeiros quatro meses do ano, a Mercedes-Benz liderou as vendas de caminhões extrapesados no Brasil, com 27,6% de participação de mercado. Considerando o volume acumulado de janeiro a abril, foram emplacadas 2.780 unidades, com aumento de 107% em relação ao mesmo período de 2017.

“São 1.805 extrapesados rodoviários e 975 caminhões fora de estrada. Registramos um excelente crescimento de cerca de 300% nos emplacamentos de rodoviários, com aumento de volume de vendas nos subsegmentos 4×2, 6×2 e 6×4”, revela Leoncini.

Segundo ele, o êxito de vendas de extrapesados é mais um sinal da retomada da economia do País. “Isso contribui de forma muito importante para nosso resultado como um todo no mercado brasileiro. No primeiro quadrimestre, foram emplacados 5.463 caminhões da marca, o que corresponde a 51% de aumento em comparação com as 3.618 unidades dos quatro primeiros meses de 2017”, destaca.

Por: Redação Na Boléia

Data: 30 de maio de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.