Mercedes-Benz: foco na Sprinter para crescer no mercado de alimentos

Data: 14 de junho de 2018

1-1-14062018-minCom livre circulação nas grandes cidades, mesmo em zonas de restrição, respeitando apenas os rodízios de placas, como os automóveis, o furgão e o chassi com cabina Sprinter 313 CDI Street tem sido a aposta da Mercedes-Benz para crescer nesse segmento.

A empresa estará exibindo, até dia 15 de junho, na 34ª Fispal Food Service, Fispal Café e Fispal Sorvetes, realizada Expo Center Norte, em São Paulo, as soluções oferecidas ao mercado pela linha Sprinter, que incluem também os modelos 415 CDI e 515 CDI.

“A Sprinter furgão Street pode ser dirigida por motoristas com CNH da categoria B, o que facilita o dia a dia de quem trabalha com transporte na cidade e nas curtas distâncias. Além disso, as dimensões compactas e o reduzido círculo de viragem da Sprinter asseguram ótima dirigibilidade e facilidade de manobra para os motoristas, agilizando as operações de carregamento e descarregamento, mesmo em locais estreitos e de difícil acesso. Ela oferece ainda um elevado padrão de conforto e segurança para o motorista e os ajudantes”, afirma Jefferson Ferrarez, diretor de Vendas e Marketing Vans da Mercedes-Benz do Brasil.

Durante a Fispal, o atendimento aos clientes e visitantes será feito pelos concessionários. Também estarão presentes o Banco Mercedes-Benz e o Consórcio Mercedes-Benz, que oferecem atrativas opções de aquisição de veículos. No evento, serão ainda divulgados produtos do mais completo portfólio de peças e serviços, entre eles quatro opções de contratos de manutenção, três linhas de peças (genuínas, RENOV e Alliance Truck Parts) e assistência 24 horas.

1-2-14062018-minLinha Sprinter

Com 60 versões à escolha dos clientes, a família de veículos comerciais leves Sprinter é formada pelos modelos 313 CDI Street (Peso Bruto Total – PBT de 3,50 ton), 415 CDI (PBT de 3,88 ton) e 515 CDI (PBT de 5 ton).

A oferta de furgões Sprinter abrange diversas opções de capacidade volumétrica de carga, que vão de 7,5 m³ a 15,5 m³. Com porta lateral corrediça com até 182 cm de altura e 130 cm de largura, o modelo facilita o carregamento de um palete pela lateral do veículo, o que também pode ser feito pela porta traseira, agilizando a operação logística. Esta é uma vantagem essencial para a movimentação de cargas e produtos em supermercados e nas centrais de distribuição.

A abertura de 270 graus da porta traseira, além da versão com portas corrediças nas duas laterais do veículo flexibilizam as operações, ampliando as possibilidades de carga e descarga em locais estreitos e de difícil acesso, como no setor de supermercados. A família oferece duas opções de alturas internas (1,65 e 1,94 m) e quatro comprimentos (5.245 / 5.910 / 6.945 / 7.345 mm).
O chassi Sprinter, que é encarroçado por empresas implementadoras, está apto para receber vários tipos de carroçarias e equipamentos, como baú, carga seca, baú frigorificado, carga seca aberta e bebidas, entre outras. Para o caso de baús, a capacidade volumétrica de carga é de até 22 m³.

Por: Redação Na Boléia

Data: 14 de junho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.