LM Frotas: uma das 40 melhores empresas para mulher trabalhar

Data: 13 de abril de 2018

2-13042018A LM Frotas, empresa com sede na Bahia, foi uma das 40 empresas premiadas no Great Place To Work (GPTW), que reconhece as melhores empresas para se trabalhar no país. Aurora Mendonça, Reveca Cardonski e Mariana Marques receberam em São Paulo o prêmio. A LM Frotas foi uma das 40 colocadas no Ranking Brasil – Mulher. A premiação teve 300 empresas inscritas.
O Grupo LM como um todo conta com um total de 790 integrantes, sendo 36% do efetivo formado por mulheres. Dos 364 funcionários da LM Frotas, 160 são mulheres, totalizando 44% do quadro. Entre as lideranças da companhia, 37% são femininas, 16 líderes no total.

A sócia-fundadora da empresa da empresa, Aurora Mendonça, destaca que sempre foi muito clara a importância de dar oportunidades iguais para homens e mulheres que trabalham na companhia.

“A inclusão de mulheres no quadro operacional e ascensão a cargos de liderança nas empresas são fundamentais para que possamos criar uma sociedade equilibrada, cada vez mais justa, que passa a enxergar a mulher com respeito e que lhe dá a oportunidade de crescer. Obter o reconhecimento do GPTW Mulher é motivo de muito orgulho para nós, pois atesta o trabalho contínuo que desenvolvemos com nossas integrantes”, enfatiza.

Para Reveca Cardonski, gerente de Recursos Humanos e Jurídica, umas das lideranças femininas do Grupo LM, o Ranking GPTW Mulher representa o reconhecimento do que foi realizado ao longo da história do grupo: dar oportunidade, desenvolver e reconhecer talentos, entendendo e valorizando as diferenças, independente de gêneros.

“Para nós, estar entre as empresas premiadas no Brasil é motivo de grande orgulho e só reforça aquilo que trazemos com nossos valores: verdade e ética na construção das nossas relações, gerando um ambiente de confiança, de respeito, transparência e oportunidade para nossas integrantes”, pontua.

Por: Redação Na Boléia

Data: 13 de abril de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.