IAA 2018: Iveco apresenta veículos movidos a combustíveis alternativos

Data: 24 de setembro de 2018

2-1-24092048-minA IVECO está participando da 67ª edição da IAA Commercial Vehicles, evento internacional mais importante da indústria de veículos comerciais, que acontece em Hannover, Alemanha, até o dia 27 de setembro. A montadora apresenta sua oferta comercial completa de veículos de tração alternativa, elétrica e Gás Natural Veicular (GNV), em um estande 100% livre de diesel, criando uma “área de baixa emissão”. Destaque ainda para uma mesa redonda intitulada “A transição energética em direção a um futuro sustentável” e oficinas, em colaboração com especialistas da indústria, clientes e parceiros técnicos, para discutir a transição energética.

Pierre Lahutte, presidente mundial da IVECO, comentou durante uma conferência de impressa, realizada no evento, que a IVECO é a primeira fabricante na história da IAA a apresentar um estande sem nenhum motor a diesel. “A indústria do transporte está mudando à medida que a pressão em relação aos motores a Diesel e a transição energética ganham força. Nossa exposição mostra que a oferta de veículos movidos a eletricidade e GNV está disponível atualmente e oferece uma alternativa viável, em todas as missões do transporte de cargas e transporte de passageiros.”
O executivo destaca ainda que o gás natural oferece a possibilidade de uma transição contínua para o biometano e energia renovável, alcançando zero emissões e abrindo as portas para um conceito de energia circular que pode chegar a emissões negativas.

A IVECO chama a atenção para a considerável vantagem ambiental do gás natural, que é capaz de proporcionar reduções drásticas nas maiores emissões poluentes: redução de 90% para NO2, 99% para material particulado e 10% para CO2 com o gás natural, que chega até 95% com biometano. Esse tipo de combustível pode gerar uma economia circular baseada na geração de energia a partir de resíduos orgânicos ou da agricultura.

Os visitantes do estande da IVECO terão a oportunidade de ver que a economia circular já é uma realidade, com os exemplos da cidade de Lille, na França, que conta com uma frota de ônibus IVECO movidos a GNV, e abastecidos com biometano gerado a partir do resíduo municipal; o projeto liderado pela Pot au Pin, Air Liquide e Carrefour, com base no biometano oriundo de resíduos agrícolas; e o lançamento da Biokraft da maior planta geradora de biogás do mundo, na Noruega.

Por meio de sua presença na Feira, a IVECO espera promover o uso de tecnologias sustentáveis. Além da exibição dos veículos, e dos diversos eventos promovidos, a marca reservou uma área educacional no estande para painéis e vídeos informativos sobre quatro temas principais: “Gás e biogás — a solução para transporte sustentável hoje e amanhã”, “Nossa contribuição para a redução de CO2”; “Soluções sustentáveis para gerenciamento de frota”, em colaboração com o parceiro tecnológico Michelin; e “TCO, eficiência e produtividade”.

Portfólio

Os 18 produtos em exposição mostrarão as soluções sustentáveis da IVECO e da IVECO BUS, desde o frete de longa distância até a mobilidade urbana das pessoas, que compõem uma oferta completa.

A IVECO apresenta cinco versões do Daily Hi-Matic Natural Power, o primeiro veículo movido a GNV com uma caixa de câmbio automática de oito velocidades, da indústria de veículos comerciais leves. O modelo demonstra a ampla variedade de missões que essa família de veículos pode atender, liberando as empresas de transporte das restrições mais rígidas das regulamentações de emissões e ruídos.

Dois Eurocargos, o “Caminhão que a cidade gosta” e o dono do título “Truck of the Year 2016”, em versão movida a GNV, estarão no estande. Os produtos já estão em conformidade com os padrões de emissões EURO VI Step D, com um ano de antecedência. Com suas baixas emissões e operação silenciosa, os caminhões Eurocargo NP podem entrar em áreas de tráfego restrito nos centros das cidades, uma vantagem fundamental em missões multipontos e municipais.

A IVECO exibe, para missões de longas distâncias, um Stralis NP 400 rígido de 26 toneladas com carroceria refrigerada, apresentando pela primeira vez uma tecnologia Carrier Supra GNV para alimentar o grupo de resfriamento. Esse caminhão representa o primeiro da indústria com os dois motores a diesel do veículo refrigerado substituídos por motores a gás natural estequiométricos de última geração. Ele oferece, do mesmo modo, emissões ultrabaixas de NO2 e material particulado, baixa emissão de CO2 e funcionamento silencioso, ideal para abastecer os supermercados do centro da cidade à noite. A instalação inclui três tanques de GNV com autonomia de 1 mil km.

Os veículos expostos incluem versões articuladas e rígidas, e o exclusivo Stralis X-Way Natural Power será equipado com um misturador de concreto elétrico. Entre eles, o mais recente lançamento, o Stralis NP 460: eleito o Caminhão de Baixa Emissão de Carbono do Ano, no Reino Unido, é uma linha completa de caminhões pesados a gás natural com transmissão automatizada de última geração desenvolvida para cumprir todas as missões.

Por: Redação Na Boléia

Data: 24 de setembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.