História de Raul Randon será contada nas telonas

Data: 07 de agosto de 2017

1-08082017-02Raul Anselmo Randon, fundador das empresas Randon, que acaba de completar 88 anos, terá sua vida retratada em documentário. O filme conta a história do empreendedor, do início da infância em Tangará (SC), aos tempos atuais. Com 1h de duração, o documentário Viver e Acreditar, traz o depoimento do próprio protagonista, além da participação de sua esposa Nilva DAgostini Randon, dos cinco filhos, do 1º funcionário, do 1º cliente e de outras pessoas que acompanharam a trajetória do empresário.

O filme será lançado para convidados nos dias 07 e 09 de agosto, no cinema do Shopping Iguatemi, em Caxias do Sul (RS).

A história da Randon teve início em 1949, com o pequeno negócio na área metalomecânica. Juntamente com o irmão Hercílio Randon, Rauk projetou um dos mais importantes conglomerados da indústria automotiva da América do Sul. Presente em todos os continentes, conta com um completo portfólio de soluções para os transportes de carga rodoviária, ferroviária e veículos fora-de-estrada, além da fabricação de autopeças e atuação na área de serviços financeiros.

O filme também retrata a paixão de Raul Randon pelo agronegócio, o que se traduz em sucesso e reconhecimento nos negócios na Rasip Alimentos, sediada em Vacaria (RS), onde são produzidos e comercializados os queijos, vinhos, maçãs, azeites e presuntos, sob as marcas Rasip, RAR e Campos de Vacaria.

O documentário segue o roteiro baseado na bibliografia Os Olhos de Quem Vê, de 2009, de autoria de Charles Tonet, Diogo Osório Coelho e Tânia Maria Zardo Tonet.

“Convivo com o Raul companheiro, o Raul empresário, o Raul mito. Mas para mim, e a todos que estão próximos, não há essa distinção, não há partes, mas sim um todo que poucos conhecem”, ilustra a esposa Nilva Randon.

Por: Redação Na Boléia

Data: 07 de agosto de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.