Grupo Daimler leva caminhões brasileiros para o IAA 2018

Data: 20 de setembro de 2018

1-3-19092018-minQuem visitar o IAA 2018, maior salão de veículos comerciais do mundo, que acontece em Hannover, na Alemanha, poderá conferir caminhões fabricados pela Mercedes-Benz do Brasil. No estande da montadora estarão expostos o caminhão leve Accelo 815 para distribuição urbana e o semipesado Atego 1725 4×4 para operações fora de estrada, ambos produzidos na unidade de São Bernardo do Campo/SP, entre vários outros modelos das marcas do Grupo Daimler. O IAA 2018 acontece até 27 de setembro e deve receber visitantes de vários continentes.

“O Accelo e o Atego complementam o portfólio global da Daimler Trucks. Com base nos modelos de série, nós customizamos esses caminhões no Brasil para atender demandas específicas de regiões como África e Oriente Médio. Para isso, contamos com larga experiência de mais de 50 anos de atendimento a países de vários continentes e também com a competência da área de Exportação e do Centro de Desenvolvimento Tecnológico, em São Bernardo, para atender cada nova demanda”, afirma Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

O Accelo e o Atego operam tanto em cidades quanto estradas, em condições adversas, como vias não pavimentadas, desertos, temperaturas elevadas e topografia irregular, muito comuns em regiões como a África e o Oriente Médio. Além da qualidade, os clientes valorizam a confiabilidade da marca e o suporte de atendimento e assistência técnica que a Mercedes-Benz oferece, em parceria com os concessionários e os escritórios regionais da Daimler Trucks.

Accelo

Accelo

Os caminhões exportados pela Mercedes-Benz do Brasil são customizados para atender às solicitações específicas dos clientes e às legislações de cada país. Sob coordenação do Centro de Customização para Clientes (Custom Tailored Trucks – CTT), esse trabalho conta com o envolvimento de profissionais de Engenharia, Produção, Vendas, Marketing, Controlling e Peças & Serviços.

Como resultado da atuação do CTT, foram criadas, por exemplo, soluções como a aplicação de pneus largos super single 365/85 no Atego 1725 4×4, a fim de aumentar a eficiência nas operações fora de estrada no deserto. Do mesmo modo, foram produzidos caminhões com escape vertical, iluminação externa de emergência no teto da cabina (giroflex), entre-eixos mais curtos, dispositivo de proteção frontal e painel de instrumentos com idioma árabe.

A Mercedes-Benz do Brasil, em parceira com implementadores, também exporta veículos completos, como para o transporte de tropas, tanques de água e combustível, coletor de lixo e autossocorro.

O Accelo é um modelo totalmente desenvolvido no Brasil. Além disso, com as soluções customizadas do Atego, a empresa busca ampliar sua participação no atendimento a diversos mercados da Daimler Trucks, com motores Euro 3 ou Euro 5, conforme a necessidade do cliente e as legislações locais.

Atego 4x4

Atego 4×4

 

Por: Redação Na Boléia

Data: 20 de setembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.