Ford e Grupo VW se unem para projetos em condução autônoma e eletrificação

Data: 15 de julho de 2019
Anúncio foi feito pelo presidente-executivo da Volkswagen, Herbert Diess, e pelo presidente da Ford, Jim Hackett. (Foto: Volkswagen/Divulgação)

Anúncio foi feito pelo presidente-executivo da Volkswagen, Herbert Diess, e pelo presidente da Ford, Jim Hackett. (Foto: Volkswagen/Divulgação)

A Ford Motor Company e o Grupo Volkswagen anunciaram que estão expandindo sua aliança global para incluir veículos elétricos – e vão colaborar com a Argo AI para introduzir a tecnologia de veículos autônomos nos Estados Unidos e Europa – posicionando as duas empresas para melhor servir os clientes, ao mesmo tempo em que melhoram sua competitividade e eficiência de custos e de capital.

Trabalhando junto com a Ford e a Volkswagen, o sistema de condução autônoma da Argo AI (SDS – Self-Driving System ou Condução Autônoma) é o primeiro com planos de implantação comercial para Europa e Estados Unidos. Somado a isso, a Argo AI é capaz de acompanhar o alcance global de ambas as fabricantes de automóveis, e sua plataforma tem o maior potencial de implantação geográfica do que qualquer tecnologia de condução autônoma até hoje.

A Volkswagen e a Ford vão integrar de forma independente o sistema SDS da Argo AI no sentido de produzir veículos para apoiar iniciativas distintas de mobilidade de pessoas e cargas de ambas as companhias.

A Ford e a Volkswagen terão uma participação igual na Argo AI e, combinadas, a Volkswagen e a Ford possuirão uma parte majoritária substancial. O restante será de propriedade dos dois fundadores da Argo AI e de um fundo de incentivos para empregados da Argo AI. A transação completa está sujeita a aprovações regulatórias e condições para fechamento.

Os líderes da empresa também anunciaram que a Ford se tornará a primeira fabricante de automóveis além do Grupo VW, a usar a arquitetura de veículos elétricos da Volkswagen e a plataforma elétrica modular (Modular Electric Toolkit – MEB) para a criação de um veículo de alto volume com emissão zero na Europa a partir de 2023.

A Ford espera entregar mais de 600.000 veículos europeus usando a arquitetura MEB em seis anos, com um segundo modelo da Ford totalmente novo para clientes europeus, em discussão. Isso dá suporte à estratégia europeia da Ford, que envolve continuar atuando em seus pontos fortes – incluindo veículos comerciais, crossovers cativantes e veículos icônicos importados, como Mustang e Explorer.

A Volkswagen começou a desenvolver sua arquitetura MEB em 2016, investindo aproximadamente US$ 7 bilhões nessa plataforma. A montadora está planejando usar essa plataforma para fabricar aproximadamente 15 milhões de carros somente para o Grupo Volkswagen na próxima década.

Para a Ford, usar a arquitetura MEB da Volkswagen faz parte de seu investimento de mais de US$ 11,5 bilhões em veículos elétricos no mundo todo.

As empresas também estão no caminho certo para entregar picapes médias para clientes globais, com o objetivo de iniciar em 2022, seguido por vans comerciais.

A Ford planeja projetar um novo modelo baseado na plataforma de veículos elétricos MEB, que começará a chegar em 2023, em Köln-Merkenich, na Alemanha. A Volkswagen fornecerá peças e componentes MEB como parte da colaboração.

Ambas as empresas também continuarão a visar áreas adicionais onde possam trabalhar juntas em veículos elétricos – uma prioridade estratégica chave para ambas as empresas, à medida que acelerem a transição para uma mobilidade sustentável e acessível.

O acordo com a Ford é uma pedra fundamental na estratégia elétrica da Volkswagen, apoiando o crescimento da indústria de mobilidade elétrica e facilitando esforços globais para alcançar o Acordo de Paris 2050.

A Ford e a Volkswagen continuam avançando em seu plano anunciado anteriormente para aprimorar suas respectivas forças em vans comerciais e picapes médias nos principais mercados globais. O trabalho nessas linhas de veículos criará eficiências significativas para cada empresa.

A Ford vai projetar, fornecer e construir a picape média previamente anunciada para ambas as empresas para clientes na Europa, África, Oriente Médio, Ásia-Pacífico e América do Sul, com picapes que devem chegar aos principais mercados a partir de 2022.

A Volkswagen e a Ford têm fortes negócios complementares de van comercial e picape ao redor do mundo, com modelos de popularidade, incluindo a linha Ford Transit e a Ranger, bem como o Volkswagen Transporter, Caddy e Amarok.

Por: Redação Na Boléia

Data: 15 de julho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.