Estilo de vida ruim encarece planos de saúde

Data: 06 de abril de 2017
Postado em: HOME SLIDESHOW, Saúde

6-06042017De acordo com a Agência Nacional da Saúde, indivíduos que nunca investem na promoção da saúde gastam, em média, 16% a mais com isso do que a população em geral. Isso representa a parcela dos beneficiários que têm no estilo de vida fatores de risco para o desenvolvimento de doenças.

Hoje, os preços das mensalidades dos planos de saúde são definidos basicamente pela faixa etária, mas os diferentes estilos de vida dos beneficiários impactam diretamente o aumento do custo do serviço.

Os fatores de riscos são sedentarismo, tabagismo, excesso de consumo de álcool, além de alimentação desregrada, que podem desencadear uma série de doenças crônicas, cardiovasculares, cânceres, diabetes, entre outras. Segundo estudo do IBGE, 56,9% das pessoas — o que representa mais de 82 milhões – está com sobrepeso, sendo 20,8% destes obesos.

Por: Redação Na Boléia

Data: 06 de abril de 2017
Postado em: HOME SLIDESHOW, Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.