Detran.SP fornece dicas de segurança para pedestres

Data: 20 de junho de 2017

2-21062017No Estado de São Paulo, um em cada quatro mortos por acidente de trânsito é pedestre, segundo dados do Observatório Paulista de Trânsito, do Detran.SP. No Brasil, a proporção é de um em cada cinco.

Para alertar sobre isso, no último fim de semana, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) fez uma ação especial envolvendo as faixas de pedestres, durante a Parada do Orgulho LGBT, realizada em São Paulo.

O objetivo foi chamar atenção ao respeito à diversidade e também ao trânsito. Durante todo o domingo, tradicionais faixas na cor branca estiveram cobertas por outras, nas cores da bandeira LGBT, nos cruzamentos com a avenida Paulista, onde ocorreu o evento:
• Rua da Consolação, em frente ao Cine Belas Artes, em ambos os lados;
• Rua Frei Caneca (altura do nº 1.456);
• Av. Brigadeiro Luis Antonio (altura do 2.222);
• Rua Augusta (altura do 1.712), ao lado do banco Safra;
• Rua Augusta (altura do 1.732), ao lado do Conjunto Nacional.

“O #DetranNaParadaSP teve dois objetivos: mostrar que a faixa é fundamental para a segurança do pedestre e do trânsito e lembrar a importância do respeito à diversidade”, explica Maxwell Vieira, diretor-presidente do Departamento de Trânsito.

“Com esta ação, o Detran.SP trouxe um alerta importante para a segurança no trânsito e dá visibilidade e positividade à Parada do Orgulho LGBT de São Paulo”, afirma Cassio Rodrigo, coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania.

No Estado de São Paulo, um em cada quatro mortos por acidente de trânsito é pedestre, segundo dados do Observatório Paulista de Trânsito, do Detran.SP. No Brasil, a proporção é de um em cada cinco.

Algumas dicas podem ajudar o pedestre a fazer uma travessia segura:
• Atravesse na faixa e sempre em linha reta;
• Mesmo na faixa, fique atento à travessia e fuja de distrações, como o celular;
• Se houver faixa e semáforo, o pedestre precisa respeitar o sinal. Se não houver semáforo, a preferência é sempre do pedestre, mas é importante fazer contato visual com o motorista e sinalizar sua passagem estendendo o braço com a palma da mão na direção do veículo;
• Ao atravessar vias de mão dupla, dê preferência a trechos que tenham ilhas centrais para atravessar um sentido de cada vez;
• Ao atravessar a via com uma criança, segure-a pelo pulso, pois pela mão é mais fácil que ela se solte.
Motoristas e motociclistas também têm responsabilidade na travessia segura do pedestre e o desrespeito às regras pode ser punido com multa:
• Respeite a sinalização e reduza a velocidade na proximidade das faixas;
• Dê preferência ao pedestre;
• Jamais estacione ou pare sobre a faixa de pedestres;
• Nos semáforos, mesmo que o sinal já tenha liberado o tráfego, condutores devem esperar que os pedestres concluam a travessia.

Por: Redação Na Boléia

Data: 20 de junho de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.