DAF Caminhões é certificada no programa OEA-Conformidade

Data: 21 de novembro de 2019

2-1-21112019A DAF Caminhões recebeu Certificação no Programa OEA (Operador Econômico Autorizado), que se refere a um reconhecimento internacional concedido pela Receita Federal para empresas exportadoras e importadoras que atendem padrões específicos de segurança, conformidade e confiabilidade. A PACCAR Parts, distribuidora de peças de reposição do Grupo PACCAR, também foi incluída no programa.

A empresa passa a ter Certificação na categoria OEA-Conformidade Nível 2 e, entre os benefícios, apresenta o reconhecimento da Receita Federal como sendo uma operadora segura e confiável, permite a utilização da logomarca OEA, e dispensa de garantia na Admissão Temporária para utilização econômica. Além desses benefícios têm-se o armazenamento prioritário na chegada de carga aérea, redução do percentual de canais de seleção na importação (prioritário verde), parametrização imediata das Declarações de Importação (DI), prioridade de conferência das DIs selecionadas, canal verde na Admissão Temporária, entre outros.

Para alcançar a Certificação, a DAF Caminhões envolveu as equipes de Materiais/Logística, Jurídico, Compras, RH, PACCAR Parts, TI, Fiscal e Controladoria. O intuito é gerar boas práticas e melhoria contínua de cada uma das respectivas áreas.

“O resultado obtido pela DAF Caminhões impacta positivamente nos procedimentos de verificação e liberação de mercadorias e, consequentemente, beneficia o Comércio Exterior com agilidade e competitividade extra. Conquistar essa Certificação nos enche de orgulho. Este é o reconhecimento de nossa preocupação em cumprir obrigações tributárias e aduaneiras, sem jamais abrir mão do comprometimento com a qualidade de nossos serviços e produtos, diretriz que seguimos desde nossa chegada ao país, em 2011”, destaca Sergio Pzichoz, Diretor de Materiais e Logística da DAF Caminhões Brasil.

Para que a empresa seja contemplada com a Certificação OEA, é necessário representar baixo grau de risco nas operações que se enquadram em movimentações internacionais de mercadorias e estar de acordo com os critérios de segurança estabelecidos pelo Programa. O reconhecimento tem como resultado a diminuição dos custos logísticos e redução de tempo de liberação de cargas em portos para as respectivas empresas. A relevância do selo rende tratamento prioritário no desembaraço de cargas. Ou seja, o OEA atua como ferramenta de facilitação do comércio internacional para importações e exportações.

Por: Redação Na Boléia

Data: 21 de novembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.