Ambev expande projeto Frota Compartilhada

Data: 23 de outubro de 2014
Postado em: Sustentabilidade

– Até o final de 2014, a iniciativa terá impedido que 18 mil toneladas de CO2 fossem lançadas na atmosfera e permitido a economia de 6 milhões de litros de óleo diesel;

– Heinz e Stora Enso são as mais novas parceiras do projeto, que consiste em usar os caminhões que voltariam vazios depois de abastecer os centros da cervejaria para transportar mercadoria de outras empresas;

– Essa otimização faz parte das ações da cervejaria para reduzir em 15% as suas emissões de carbono nas operações de logística até o final de 2017;

São Paulo, outubro de 2014 – O projeto Frota Compartilhada, criado pela Ambev, é um programa em parceria com outras empresas para otimizar as viagens dos caminhões que distribuem os produtos das companhias. Os veículos que retornariam às fábricas da Ambev vazios depois de abastecer os centros de distribuição passam a fazer os trajetos de volta com cargas das empresas parceiras. 

Entre janeiro e setembro deste ano, a Ambev deixou de lançar na atmosfera 11,9 mil toneladas de CO2 graças a essa iniciativa. Até o final de 2014, serão 18 mil toneladas e CO2 e 6 milhões de litros de óleo diesel economizados. Atualmente, cerca de 2 mil viagens compartilhadas são realizadas por mês em 15 Estados do país. E o grupo de parceiros acaba de aumentar: a Heinz e a Stora Enso se juntaram a Unilever, JBS, JMacedo, BR Foods, Pepsico e Fiat entre as empresas que compartilham suas operações logísticas com a Ambev. 

O Frota Compartilhada faz parte de um conjunto de ações da Ambev voltado a alcançar a meta da empresa de reduzir em 15% suas emissões de carbono na área de logística até 2017. Além dessa iniciativa, a companhia também renova periodicamente os veículos que trabalham para a empresa. Em um ritmo cinco vezes maior do que o praticado pelo mercado. Tanto que a idade média da frota da Ambev – uma das maiores do país – é hoje de 3,78 anos, contra os 20 anos da média brasileira (ANTT). Desde 2011, todos os novos veículos adquiridos pela Ambev para substituir os antigos chegam às ruas com motor equipado com um sistema de redução de emissões. Em 2013, a empresa trocou 194 caminhões e, até o final deste ano, deverão ser substituídos mais 249 veículos, o que deve gerar uma queda de aproximadamente 22% na emissão de CO2 nesta frota renovada.

Outra iniciativa é o caminhão 100% movido a gás natural, um combustível alternativo muito menos poluente, lançado recentemente pela Ambev em parceria com a MAN Latin America. O veículo representa uma redução de 20% na emissão de CO2. O modelo teste está em circulação no Rio de Janeiro e dentro de um ano a tecnologia deverá ser levada para outros locais do país. O novo caminhão tem autonomia de cerca de 200 km. 

Data: 23 de outubro de 2014
Postado em: Sustentabilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.