Alerta para queimadas em SP

Data: 02 de junho de 2014
Postado em: Sustentabilidade

 

Outono e inverno são estações que exigem alerta em relação às queimadas. É que entre 50% e 60% dos casos de fogo em mato à beira das estradas no ano ocorrem nessa época do ano. Na tentativa de minimizar o problema, a ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo e as concessionárias de rodovias iniciaram uma série de ações para minimizar os efeitos das queimadas, que se acentuam nessa época do ano. Como parte desse trabalho, a Agência e as concessionárias estão promovendo uma campanha de conscientização dos motoristas, que integra a Operação Corta Fogo, programa composto de ações conjuntas que envolvem também a Secretaria do Meio Ambiente, o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil Estadual e outros órgãos.

A coordenação da Operação Corta Fogo estendeu o período de vigência do programa em um mês este ano. Diferente de 2013, quando as ações foram desenvolvidas de junho a setembro, este ano a operação irá até o fim de outubro. Isso ocorre por causa da previsão de um período de seca ainda maior do que nos anos anteriores.  

Uma das principais causas de queimadas nas rodovias no Estado é o lançamento de bitucas de cigarros pelas janelas dos veículos. A vegetação seca vira combustível para o fogo. Outros fatores geradores são a utilização de fogo para limpeza de terrenos, queima de lixo, fogueiras, queimadas para fins agrícolas não autorizadas e também os balões. Nas faixas de domínio das rodovias, além das bitucas, grande número de focos é provocado pela população vizinha à estrada ou transeuntes, principalmente nas áreas mais próximas aos aglomerados urbanos.

Durante a Operação Corta Fogo, as concessionárias distribuirão nas praças de pedágio folhetos com alertas aos motoristas para evitarem atirar cigarros e fósforos acesos às margens das rodovias, além de outras recomendações como não soltar balões, evitar acender fogueiras perto de matas e em dias de vento, entre outras. No material também constam os telefones da concessionária responsável pela rodovia, do Disque Ambiente (0800 113 560) e Polícia Ambiental (0800 0555 190).

 

Data: 02 de junho de 2014
Postado em: Sustentabilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.